A vida só tem um sentido, e o único sentido que a vida tem é quando investimos nossa vida na vida dos outros, ou quando encarnamos a luta dos outros como se ela fosse nossa, a luta do coletivo. Esta é a lida do Promotor de Justiça: lutar pela construção contínua da cidadania e da justiça social. O compromisso primordial do Ministério Público é a transformação, com justiça, da realidade social.


Pesquisar Acervo do Blog

Seguir por E-mail

Seguidores

20 de fevereiro de 2015

10 Mandamentos da Lógica

 
1. Não atacarás a personalidade da pessoa, mas seu argumento. (ad hominem)
 
2. Não modificarás ou exagerarás o argumento de uma pessoa para torná-lo mais fácil de atacar. (falácia do espantalho)
 
3. Não usarás números pequenos para representar o todo. (generalização apressada)
 
4. Não defenderás vosso argumento por assumir automaticamente que uma de suas premissas está correta. (indução à conclusão / petição de princípio)
 
5. Não alegarás que só porque uma coisa ocorreu antes da outra, a primeira obrigatoriamente é a causa da segunda. (post Hoc / falsa causa)
 
6. Não reduzirás a argumentação a apenas duas possibilidades. (falsa dicotomia)
 
7. Não argumentarás que por causa de nossa ignorância certa alegação é obrigatoriamente verdadeira [ou falsa]. (ad ignorantium)
 
8. Não imporás o ônus da prova de teu argumento a aquele que questionas. (inversão do ônus da prova)
 
9. Não assumirás que “isto” se segue a “aquilo” quando não há conexão lógica. (non sequitur)
 
10. Não alegarás que uma premissa por ser popular está necessariamente correta (falácia da popularidade)
 
Fonte: Pense Fácil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atuação

Atuação

Contra a Corrupção

Dicionário

iDcionário Aulete

Cartilha do Jurado

Cartilha do Jurado
Clique na imagem. Depois de aberta, clique na parte inferior direita para folhear.

Você sabia?

Você sabia?

Paradigma

O Ministério Público que queremos e estamos edificando, pois, com férrea determinação e invulgar coragem, não é um Ministério Público acomodado à sombra das estruturas dominantes, acovardado, dócil e complacente com os poderosos, e intransigente e implacável somente com os fracos e débeis. Não é um Ministério Público burocrático, distante, insensível, fechado e recolhido em gabinetes refrigerados. Mas é um Ministério Público vibrante, desbravador, destemido, valente, valoroso, sensível aos movimentos, anseios e necessidades da nação brasileira. É um Ministério Público que caminha lado a lado com o cidadão pacato e honesto, misturando a nossa gente, auscultando os seus anseios, na busca incessante de Justiça Social. É um Ministério Público inflamado de uma ira santa, de uma rebeldia cívica, de uma cólera ética, contra todas as formas de opressão e de injustiça, contra a corrupção e a improbidade, contra os desmandos administrativos, contra a exclusão e a indigência. Um implacável protetor dos valores mais caros da sociedade brasileira. (GIACÓIA, Gilberto. Ministério Público Vocacionado. Revista Justitia, MPSP/APMP, n. 197, jul.-dez. 2007)