A vida só tem um sentido, e o único sentido que a vida tem é quando investimos nossa vida na vida dos outros, ou quando encarnamos a luta dos outros como se ela fosse nossa, a luta do coletivo. Esta é a lida do Promotor de Justiça: lutar pela construção contínua da cidadania e da justiça social. O compromisso primordial do Ministério Público é a transformação, com justiça, da realidade social.


Pesquisar Acervo do Blog

Seguir por E-mail

Seguidores

3 de julho de 2008

Julgamento em causa própria?


(Adriana Vandoni) No editorial do Estadão de hoje, o ministro Gilmar Mendes é duramente criticado por dizer, quando perguntado sobre a divulgação dos candidatos às eleições deste ano que respondem a processos, que isso pode levar a ''graves injustiças''. “Eu tenho horror a populismo e muito mais a populismo de índole judicial”, disse Mendes. (leia o editorial aqui)

Ora, ora, ora, o ministro Gilmar Mendes tem irmão político que provavelmente vai se candidatar, se não nesta, na próxima eleição. Hoje seu irmão, Chico Mendes, é prefeito da cidade de Diamantino/MT.

O seu irmão possui processos judiciais? Eu não sei.

O ministro também tem estreitas relações com políticos de MT e, segundo esses políticos, nutre vontade de se candidatar ao governo de Mato Grosso depois que deixar a presidência do STF. Estaria ele “julgando em causa própria”? Eu não sei.

Reconheço todos os méritos do ministro, fonte de orgulho para todos em Mato Grosso, mas ele não é imune à críticas.

Em setembro de 2007 o ministro participou em Diamantino/MT de um evento para a assinatura de um protocolo de intenções entre o governo do Estado e o Grupo Bertin, que iria instalar um frigorífico na cidade. Gilmar Mendes foi recebido com faixas pela cidade como o responsável pala negociação que convenceu o grupo Bertin a investir em Diamantino. (leia aqui)

Grupo Bertin possui ações no STF? Eu não sei.

Neste semicomício do qual participou, o governador Maggi disse em seu discurso: “Gilmar Mendes vale por todos os deputados e senadores de Mato Grosso”.

Ora, ora, ora. Tome tendência, ministro! O senhor precisa estar acima de qualquer suspeita. Lembre-se da mulher de César.

Na dúvida, melhor não se expor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atuação

Atuação

Contra a Corrupção

Dicionário

iDcionário Aulete

Cartilha do Jurado

Cartilha do Jurado
Clique na imagem. Depois de aberta, clique na parte inferior direita para folhear.

Você sabia?

Você sabia?

Paradigma

O Ministério Público que queremos e estamos edificando, pois, com férrea determinação e invulgar coragem, não é um Ministério Público acomodado à sombra das estruturas dominantes, acovardado, dócil e complacente com os poderosos, e intransigente e implacável somente com os fracos e débeis. Não é um Ministério Público burocrático, distante, insensível, fechado e recolhido em gabinetes refrigerados. Mas é um Ministério Público vibrante, desbravador, destemido, valente, valoroso, sensível aos movimentos, anseios e necessidades da nação brasileira. É um Ministério Público que caminha lado a lado com o cidadão pacato e honesto, misturando a nossa gente, auscultando os seus anseios, na busca incessante de Justiça Social. É um Ministério Público inflamado de uma ira santa, de uma rebeldia cívica, de uma cólera ética, contra todas as formas de opressão e de injustiça, contra a corrupção e a improbidade, contra os desmandos administrativos, contra a exclusão e a indigência. Um implacável protetor dos valores mais caros da sociedade brasileira. (GIACÓIA, Gilberto. Ministério Público Vocacionado. Revista Justitia, MPSP/APMP, n. 197, jul.-dez. 2007)