A vida só tem um sentido, e o único sentido que a vida tem é quando investimos nossa vida na vida dos outros, ou quando encarnamos a luta dos outros como se ela fosse nossa, a luta do coletivo. Esta é a lida do Promotor de Justiça: lutar pela construção contínua da cidadania e da justiça social. O compromisso primordial do Ministério Público é a transformação, com justiça, da realidade social.


Pesquisar Acervo do Blog

Seguir por E-mail

Seguidores

14 de setembro de 2007

Consequência....


- Pai...
Fala filho..

- Eu estava pensando...Sim...

- Ano que vem eu me formo...e acho que vou embora do Brasil...Por que filho?-

Olha pai..eu não devo nada ao Brasil a não ser o fato de ter nascido aqui. Acompanha o meu raciocínio:

- Eu nasci em uma maternidade particular e tudo foi pago pelo plano de saúde particular e, eu agradeço pois desde antes do meu nascimento as condições do sistema público de saúde já eram temerárias. Obrigado por ter tido o cuidado no momento do meu nascimento.

- Sempre estudei em escolas particulares e eu também agradeço pois não é de hoje que o ensino público não vale nada nesse país.

- Você sempre pagou pela segurança particular que cuidava da nossa rua.

- Você pagou pelo transporte escolar particular.

- Até hoje você paga o meu plano de saúde.

- Desde o meu nascimento você paga impostos e também paga para ter tudo aquilo que o governo deveria oferecer em razão dos impostos que cobra. Você paga duas vezes para receber uma...Pai isso não é estelionato?

- Sabe Pai..eu agradeço tudo isso que você fez..e faz..por mim, mas fico triste em saber que você trabalha 4 meses para pagar os impostos e outros 4 meses para pagar por tudo que os impostos deveriam oferecer e não oferecem. Sobram 4 meses para bancar qualquer sonho que se tenha na vida...não é justo pelo tanto que você ralou, rala e ainda vai ralar.

- A situação política no Brasil vai de mal a pior. Não existe honesto e desonesto. Todos estão metidos no mesmo saco e sacaneando os brasileiros todos os dias. Nem vergonha na cara eles tem mais..virou uma zona. Não existe esperança alguma para esse país. O político brasileiro gosta tanto de pobre que não para de incentivar a produção e, com essa massa de desinformados recebendo essas bolsas família..gás e outras votando nesses pilantras, que legislam em causa própria,..nunca iremos mudar nada. Não existe chance para o Brasil.

-Me fala Pai...além da vergonha e da falta de perspectiva..o que foi que esse país me deu? Será que eu desejo que um dia o meu filho fale a mesma coisa? Não acredito que nada mude nos próximos anos....ou você acredita?Não meu filho..eu não acredito em mais nada e pior....nada me surpreende mais nesse Brasil. Isso aqui virou a esculhambação generalizada..só vou te pedir uma coisa

- Claro Pai..fala

Não digo nada...na rádio da minha cabeça ouço Elis Regina cantando...Mande notícias do mundo de lá

Diz quem fica

Me de um abraço, venha me apertar......

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atuação

Atuação

Contra a Corrupção

Dicionário

iDcionário Aulete

Cartilha do Jurado

Cartilha do Jurado
Clique na imagem. Depois de aberta, clique na parte inferior direita para folhear.

Você sabia?

Você sabia?

Paradigma

O Ministério Público que queremos e estamos edificando, pois, com férrea determinação e invulgar coragem, não é um Ministério Público acomodado à sombra das estruturas dominantes, acovardado, dócil e complacente com os poderosos, e intransigente e implacável somente com os fracos e débeis. Não é um Ministério Público burocrático, distante, insensível, fechado e recolhido em gabinetes refrigerados. Mas é um Ministério Público vibrante, desbravador, destemido, valente, valoroso, sensível aos movimentos, anseios e necessidades da nação brasileira. É um Ministério Público que caminha lado a lado com o cidadão pacato e honesto, misturando a nossa gente, auscultando os seus anseios, na busca incessante de Justiça Social. É um Ministério Público inflamado de uma ira santa, de uma rebeldia cívica, de uma cólera ética, contra todas as formas de opressão e de injustiça, contra a corrupção e a improbidade, contra os desmandos administrativos, contra a exclusão e a indigência. Um implacável protetor dos valores mais caros da sociedade brasileira. (GIACÓIA, Gilberto. Ministério Público Vocacionado. Revista Justitia, MPSP/APMP, n. 197, jul.-dez. 2007)