A vida só tem um sentido, e o único sentido que a vida tem é quando investimos nossa vida na vida dos outros, ou quando encarnamos a luta dos outros como se ela fosse nossa, a luta do coletivo. Esta é a lida do Promotor de Justiça: lutar pela construção contínua da cidadania e da justiça social. O compromisso primordial do Ministério Público é a transformação, com justiça, da realidade social.


Pesquisar Acervo do Blog

Seguir por E-mail

Seguidores

13 de agosto de 2012

Revista "A República"


Nova edição da revista A República traz debate sobre a PEC da IMPUNIDADE

Afinal, quem ganha se o Ministério Público deixa de investigar? Esse foi um dos pontos do debate lançado na matéria de capa da quinta revista A República, que traz como tema central a PEC 37 – conhecida como PEC DA IMPUNIDADE.

A reportagem mostra os benefícios das ações conduzidas pelo Ministério Público, rebate os argumentos favoráveis à restrição do poder investigatório e reforça a importância das ações integradas entre os diversos órgãos que combatem a corrupção.

Nesse número, a entrevista é com o relator da comissão de juristas formada pelo Senado Federal para revisar o Código Penal, o procurador regional da República Luiz Carlos Gonçalves (PRR3). Ele fala, com exclusividade, sobre a experiência de compor o colegiado e as expectativas para a nova proposta.

Sempre acompanhando o trabalho das procuradorias no estados, nessa edição A República destaca ações que defendem as comunidades tradicionais e o meio ambiente. No Tocantins, o tema abordado foi a busca do MPF para reparar 40 anos de perseguição ao povo indígena avá-canoeiro. Expulsa do território que ocupava tradicionalmente, a tribo foi obrigada a viver em meio à comunidade Javaé, sua inimiga histórica.

O destino de outra matéria também foi o Norte do país. Instituído por procuradores da República no Pará, o programa “Procuradoria Verde” mudou os hábitos cotidianos da instituição, com o objetivo de preservar a natureza. O projeto apresentou resultados tão positivos que está estendendo sua abrangência para a comunidade local. Já o artigo da revista é assinado pelo procurador da República Lauro Coelho Junior (PRM/São Gonçalo) e ressalta um dos desafios para a saúde pública no Brasil: a implantação da política antimanicomial.

Clique aqui para ler a revista

Fonte: ANPR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atuação

Atuação

Contra a Corrupção

Dicionário

iDcionário Aulete

Cartilha do Jurado

Cartilha do Jurado
Clique na imagem. Depois de aberta, clique na parte inferior direita para folhear.

Você sabia?

Você sabia?

Paradigma

O Ministério Público que queremos e estamos edificando, pois, com férrea determinação e invulgar coragem, não é um Ministério Público acomodado à sombra das estruturas dominantes, acovardado, dócil e complacente com os poderosos, e intransigente e implacável somente com os fracos e débeis. Não é um Ministério Público burocrático, distante, insensível, fechado e recolhido em gabinetes refrigerados. Mas é um Ministério Público vibrante, desbravador, destemido, valente, valoroso, sensível aos movimentos, anseios e necessidades da nação brasileira. É um Ministério Público que caminha lado a lado com o cidadão pacato e honesto, misturando a nossa gente, auscultando os seus anseios, na busca incessante de Justiça Social. É um Ministério Público inflamado de uma ira santa, de uma rebeldia cívica, de uma cólera ética, contra todas as formas de opressão e de injustiça, contra a corrupção e a improbidade, contra os desmandos administrativos, contra a exclusão e a indigência. Um implacável protetor dos valores mais caros da sociedade brasileira. (GIACÓIA, Gilberto. Ministério Público Vocacionado. Revista Justitia, MPSP/APMP, n. 197, jul.-dez. 2007)